Advocacia Criminal | DEWES & PEREIRA ADVOCACIA | 41.3022-7854 Divórcio e separação, advogado especialista em divórcio em Curitiba, divórcio em cartório, guarda dos filhos, Pensão Alimentícia, usucapião familiar, inventário e testamento, dissolução da união estável, retificação de registro civil, união estável, advogado e família e Curitiba, ação de divorcio, divorcio litigioso, divorcio e separação consensual, habeas corpus, Violência doméstica, Maria da Penha, Auxílio reclusão, Furto, Roubo, Estelionato, Queixa crime, advogado criminal ou criminalista, danos morais, dpvat, acidente de transito, usucapião, despejo, reintegração de posse, contratos, indenização e inscrição INDEVIDA SERASA E SEPROC, indenização por danos estéticos, ações de indenização relacionadas aos seguintes assuntos, indenização por DANO MATERIAL, indenização por Abandono Material e Afetivo, indenização por DANO MORAL, indenização por PERDAS E DANOS, indenização por ACIDENTE e acidente de transito, indenização por MORTE, indenização por ERRO MÉDICO, indenização por DESCUMPRIMENTO CONTRATUAL, indenização por ATRASO NA ENTREGA DE IMÓVEL, indenização por MÁ PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, indenização por COBRANÇA ABUSIVA e cobrança indevida, indenização por DESRESPEITO AO DIREITO DO CONSUMIDOR, indenização contra BANCOS, indenização contra CARTÃO DE CRÉDITO, indenização contra EMPRESA DE COBRANÇA, indenização contra CONCESSIONÁRIAS PÚBLICAS, indenização por USO NÃO AUTORIZADO DE IMAGEM, Busca e apreensão de veículos, protesto indevido, espera fila de banco, Cobrança Indevida, Danos morais e facebook, danos morais como proceder?, escritório de advocacia em Curitiba, advogado de família em Curitiba, advogado especialista em pensão alimentícia, direito de família, advogados em Curitiba, ação de divórcio, advogados em Curitiba, inventario em cartório Curitiba, exoneração de pensão alimentícia, Advogado especialista em danos morais, advogados trabalhistas em curitiba, escritorio trabalhista, advocacia trabalhista, advogado do trabalho.
  • banner01
  • banner02
  • banner03

Preencha o formulário abaixo para que um de nossos advogados entre em contato.








Advocacia Criminal

A Advocacia Criminal é uma área muito importante, posto que exige de seus profissionais várias habilidades. Os criminalistas devem possuir, além da vocação, sólidos conhecimentos científicos sobre criminologia, medicina legal, psicologia, etc. Por esta razão primamos pelo estudo das leis, jurisprudências e arestos dos Tribunais, não nos descuidando da análise pormenorizada das provas e o detido estudo dos autos. Assim, patrocinamos com absoluta tranquilidade a defesa de nossos clientes em processos de natureza criminal:

_____________________________________________________________________________________________________________________________________

 É um ramo do Direito público, constituído por normas jurídicas, no qual o Estado ao selecionar os bens mais relevantes para a sociedade proíbe determinadas condutas definindo crimes e cominando as respectivas sanções.

O conceito formal é aquele que segue o que a lei diz, sendo assim o legislador define uma conduta como crime, já existira o crime por si só, sem entrar em sua essência, em seu conteúdo, em sua matéria.

Já o conceito material procura explicar o que é o crime, sob vários outros aspectos que chegam a envolver outras ciências extrajurídicas, como por exemplo, a Sociologia, a Filosofia, a Psicologia etc.

Esse conceito procura uma definição de crime indagando a razão que levou o legislador a prever a punição dos autores de certos fatos e não de outros, fazendo assim uma análise mais profunda para definir o que é crime e não apenas ao aspecto externo do crime.

 conceito analítico abrange o dolo e a culpa em sentido estrito, sendo assim, o crime existe em si mesmo, por um fato típico e antijurídico, e a culpabilidade significa reprovabilidade ou censurabilidade de conduta.

O crime tem os requisitos genéricos e os requisitos específicos. Os requisitos genéricos são a tipicidade e a antijuricidade, e os específicos são as circunstâncias elementares, que estão descritos no artigo 30 do CP, exemplo é o verbo que descreve a conduta, o objeto material, os sujeitos ativo e passivo, etc.